Domingo, 3 de Setembro de 2006

NOITES DE VERÃO - GRUPO DE CANTARES "ALÉU"

O Ciclo de "Noites de Verão, encerra no próximo sábado, dia 16 de Setembro, pelas 21.30 horas,  com a presença do Grupo de Cantares "ALÉU" de Vila Real de Trás-Os-Montes

 

GRUPO DE CANTARES ALÉU
 
  

O Grupo de Cantares Aléu tomou o seu nome da palavra que figura no brasão da cidade de Vila Real. A palavra significa um pau ou cajado com que se jogavam certos jogos populares, nomeadamente a “choca” ou “reca”, de que D. Pedro de Meneses, futuro marquês de Vila Real, segundo a lenda, se ocupava no momento em que o rei D. João I o fez governador de Ceuta, em 1415.

         O Grupo é constituído por 21 elementos, na sua maioria funcionários municipais de Vila Real. Foi fundado em Março de 1996, fazendo a sua primeira actuação em público no dia 6 de Maio, ficando desde logo provada a sua qualidade, que nunca mais cessou de crescer, assim como a sua popularidade. De então para cá, tem actuado numerosas vezes e em diversos lugares, incluindo no estrangeiro (em Orense, Osnabrück e Mende, cidades geminadas com Vila Real, em Espanha, Alemanha e França, respectivamente e também no Brasil durante quatro anos consecutivos, a convite das Casas de Trás-os-Montes e Alto Douro do Rio de Janeiro e da Casa de Portugal em São Paulo bem como actuação em Brasília a convite da Embaixada de Portugal, assim como na Radiotelevisão Portuguesa e RTP-Internacional e também na Prefeitura de Niterói para integrar as Comemorações dos 500 Anos dos Descobrimentos. Em Abril de 2001 deslocou-se aos EUA a convite da Casa de Trás-os-Montes e Alto Douro de New Jersey.

         Afirma-se como um grupo de raiz, sendo todos os seus temas recolhidos na Região Trás-os-Montes e Alto Douro. No seu reportório incluem-se muitos cantares cheios de alegria, como «Fui ao Douro às Vindimas», «Nossa Senhora da Serra», «Ó rapaz, aperta a faixa», «O malhão», «A repalhinha», «O regadinho», «A minha saia velhinha», «O vira do Marão», «Loureiro, verde loureiro» e outros.

         O Grupo preocupa-se em apresentar cantares autênticos, recolhidos directamente junto do povo, contribuindo assim para preservar o tesouro da música tradicional desta Região.

         O Grupo de Cantares Aléu, que se afirma como um legítimo «embaixador» da cultura popular transmontano-duriense, continua a sua recolha etnográfica tendo gravado um primeiro CD e gravou já um segundo trabalho estando para breve o seu lançamento.

 

 

 

publicado por Carlos Mota às 20:22

link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. SEM COMENTÁRIO

. ENCERRADO

. Jorge Palma Abre "Ciclo d...

. I Concurso Nacional de Mu...

. Teatro de Revista de volt...

. Teatro - "O CLUBE DAS DIV...

. ORQ. RUSSA "SILVER SPRING...

. AUTO DE NATAL - "DE CRIAN...

. NAYR PINHEIRO EXPÕE NO CI...

. CINE-TEATRO CARACAS - 39 ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds