Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

"CRISE DOS 40" NO PALCO DO CINE-TEATRO CARACAS

                     

Data: 15 de Abril

Hora: 17h00

Local: Cine-Teatro Caracas

Entrada: Plateia-12.50 € - Tribuna-10 €

Maiores: 12 Anos

Inserido no Ciclo da Primavera, o Gabinete de Animação Cultural da Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, em parceria com a “SOLA DO SAPATO”, leva a efeito no dia 15 de Abril pelas 17 horas a apresentação da peça “Crise dos 40”.

SINOPSE:

Joaquim Fonseca, o protagonista, de 42 anos, é guionista de televisão. Vítima de um trabalho instável e em plena crise dos 40 é abandonado pela mulher. “Estás gordo e careca”, foram os argumentos apresentados pela mesma ao sair de casa.

Até aqui a família vivia numa ampla casa , mesmo no centro da cidade, mas ao deixar Quim, a mulher aguarda a venda do imóvel para poder receber metade do valor.

Isto provoca-lhe uma enorme angústia porque, entre outras coisas, significa a perda definitiva de Isabel, com a qual ele sonha ainda viver por insegurança, dependência e até comodismo.

Forçado e pressionado pela sua mulher a vender a casa, tenta por todos os meios que ela não se concretize, utilizando argumentos para a desencorajar, como: a casa está em mau estado, canalizações e instalações eléctricas estão velhas, não é um negócio rentável...

Mas a sua personalidade frágil, insegura, indecisa e sem vontade leva-o a assinar documentos de promessa de compra e venda com Xavier, Manuel e António.

Estes três homens são personagens muito diferentes, com traços em comum, como os quarenta anos e facto de também eles terem sido abandonados pelas mulheres.

Os seus aparecimentos em cena, vão dando lugar a uma série de conflitos em cadeia, revelando como os tipos de quarenta pensam e vêem as mulheres.

Esta comédia com um final verdadeiramente surpreendente, remete-nos para uma reflexão sobre a solidão a que estes homens são atirados.

FICHA TÉCNICA:

Autoria de Eduardo Gálan e Pedro Gómez

Tradução de Marta Mendonça

Versão Cénica e Encenação de Celso Cleto

Elenco: Almeno Gonçalves, António Melo, Fernando Ferrão e Joaquim Nicolau

Cenografia: Sola do Sapato

Figurinos: Sola do Sapato

Desenho de Luz: José Dias

Fotografia do Cartaz: Pedro Rodrigues

Design Gráfico e Imagem Global: Formiga Luminosa

Responsáveis Técnicos: Nuno Moço e Ana Castro

Direcção de Produção: Nuno Sampaio

Direcção de Comunicação: Maria João Alves

 

 

publicado por Carlos Mota às 22:13

link do post | comentar | favorito

"ISTO É QUE VAI UMA CRISE" - Teatro de Revista

 

Data: 30 de Março

Hora: 21h30

Local: Cine-Teatro Caracas

Entrada: 5 €

A Companhia do Teatro Sá da Bandeira apresenta no dia 30 de Março a revista ‘Isto é que vai uma crise’. A peça – inserida no Ciclo da Primavera e no programa comemorativo do Dia Mundial do Teatro – sobe ao palco do Cine-Teatro Caracas às 21h30.

A companhia regressa a Oliveira de Azeméis para proporcionar momentos de descontracção recorrendo, para isso, a um elenco de 12 actores dirigidos pelo actor Lopes de Almeida.

Mais de uma dezena de comediantes asseguram duas horas de boa disposição onde a sátira e a crítica a casos recentes da vida portuguesa (Apito Dourado, Caso Mateus, Maternidades…) vão estar em destaque.

Ficha Técnica:

Autores: Lopes de Almeida, Fernando Marques, João Jales, José Quelhas,
Victor José e Carlos Cardelho.

Encenação: Lopes de Almeida

Director de Cena: António Pedro

Direcção Musical: Maestro Victor José

Coreografia:  Alberto Teixeira

Sonoplastia e Luminotécnica: Quim Emílio

Montagem e Contra-Regra: Artur Baião

Secretário da Companhia: Manuel Monteiro

publicado por Carlos Mota às 21:58

link do post | comentar | favorito

"O CASAL ABERTO" - Comemoração do Dia Mundial do Teatro

Data: 31 de Março

Horário: 21h30

Local: Cine-Teatro Caracas

Entrada: 5 €

Para assinalar as comemorações do "Dia Mundial do Teatro", no próximo dia 31 de Março, o TAL - Teatro Amador de Loureiro em colaboração com a C. M. de Oliveira de Azeméis, apresenta-se no Cine-Teatro Caracas com a peça, "O Casal Aberto", numa apresentação que terá início às 21.30 horas.

"O CASAL ABERTO"

Grupo: TAL-Teatro Amador de Loureiro

Peça: O Casal Aberto

Encenação: José Moreira

Género: Comédia

Estrutura: 1 acto

Duração: 75 minutos

Maiores de 12 anos

SINOPSE:

"Os pescadores de Playton Place", um livro ou uma cidade?... É aí que este espectáculo começa, e não sei se a peça literária começa aí também? Nos "loucos anos 50": the Best Generation": O Jazz; os Blues; o Twist; o Chá-Chá-Chá; o Swing; os cheiros cegos de Buenos Aires e o Tango. Chamavam-se todos por música. O livre sexo; virgens anónimas; casais solteiros, casais apos´tólicos; árabes, harishens; huindus, haxichens; afogados; budistas; expulsados; flower powers. Onde está a minha filha? E nós num planeta simples:

(Um casal quarentão em ruptura. Não matam as criancinhas de 20 anos porque elas não estão em casa...

Entretanto... como não têm onde se consumir, descontróem-se...) transformando este texto satiricum, numa grande brincadeira. Ou seja? Numa tragédia.

Interpretação: Karina Leite, Mulher

                       Evaristo Queirós, Homem

                       José Barbosa, Professor e bastidor

 

 

publicado por Carlos Mota às 21:44

link do post | comentar | favorito

G.C. CÉNICO LA-SALETTE APRESENTA "AS ATRIBULAÇÕES DO POETA SIMÃO"

Data: 24 de Março

Local: Cine-Teatro Caracas

Horário: 21.30

Entrada: 2€

Integrado as Comemorações do “Dia Mundial do Teatro”, no dia 24 de Março, pelas 21.30 horas, pela mão do Grupo Coral e Cénico La-Salette, sobe ao palco do Cine-Teatro Caracas a opereta “Atribulações do Poeta Simão” (versão livre da farsa “Boa Preguiça” de A. Suasuna por Abel Couto).

Nesta peça, aliam-se o humor e a música, numa simbiose divertida sobre as inquietações que o dinheiro ou a falta dele originam. Pretende-se também, questionar o que na vida é mais importante: Se o amor, se os bens materiais, questões que parecem obter resposta na fé e na esperança.

 

publicado por Carlos Mota às 21:35

link do post | comentar | favorito

"DANÇA COMIGO" NO "HÁ DOMINGOS ASSIM"

 

Data: 11 de Março

Local: Cine-Teatro Caracas

Horário: 15h00

Entrada:
Adultos: 2 euros
Crianças: Entrada livre

No dia 11 de Março volta ao Cine-Teatro Caracas, o "Há Domingos Assim", com
a apresentação da peça "Dança Comigo", pelo "Teatrinho" de Viana do Castelo.
Trata-se de um espectáculo de Marionetas, onde podem ser apreciadas as
técnicas mistas de uso de Marionetas num ângulo contemporâneo, embora todas
encontradas na região.
Este espectáculo, tem sido apresentado em vários Festivais, m Portugal e no
resto da Europa, entre eles no de Istambul, onde foi considerado o melhor
espectáculo.
A história é contada sem texto mas com muito ritmo, tampouco necessita de
palavras. É o amor. É a vida. São os encontros e desencontros em espiral.
Podem sorrir, podem mesmo rir e também chorar se quiserem. Da nossa parte
gostávamos de repetir o nosso convite. Um por um e para todos: Dança Comigo!


FICHA TÉCNICA:

Interpretação: Alexandre Vorontsov e Sabahat Passos
Encenação: Alexandre Vorontsov
Marionetas, figurinos e cenários: Alexandre Vorotsov e Sabahat Passos
Técnica de manipulação: Mista
Duração: 50 minutos
Classificação: Maiores de 6 anos.

publicado por Carlos Mota às 21:12

link do post | comentar | favorito

CONCERTO DE ANDRÉ SARDET ABRE "CICLO DA PRIMAVERA"

 

Dia: 03 de Março

Local: Cine-Teatro Caracas-Oliveira de Azemeis

Horário: 21h30

Entrada: 15 €

Organização: Gab. de Anim. Cultural - Câmara Municipal de O. Azeméis

André Sardet apresenta dia 3 de Março de 2007, pelas 21h30, no Cine-Teatro Caracas em Oliveira de Azeméis um concerto acústico, com o qual esta casa de espectáculos abre o "Ciclo da Primavera".
Com o lançamento de um novo álbum gravado ao vivo, André Sardet apresenta em 2006/2007 uma tournée bastante restrita e exclusiva a lugares especiais.

Uma carreira notável faz de André Sardet um músico de excelência, compositor de algumas das mais belas canções de sempre da música Portuguesa. Não é pois de estranhar que nos seus espectáculos, o público se entregue e entusiasme acompanhando efusivamente o músico em temas como "Foi Feitiço", " O Azul do Céu", "Um minuto de Prazer" ou mesmo "Nasce Sem Se Ver".

Em 2006/2007 André Sardet apresenta um novo álbum gravado ao vivo no Teatro Académico de Gil Vicente em Coimbra, sua Cidade Natal. Um álbum editado em Março “Acústico” suportado por uma mega campanha televisiva difundida pela TVI para além da sincronização de temas em telenovelas do mesmo canal. Neste espectáculo André Sardet faz-se acompanhar por sete músicos de eleição (5 em formato acústico) num espectáculo preparado ao mais ínfimo pormenor.
Ao vivo na tournée de 2006/2007 serão apresentados os principais temas dos dez anos de carreira de André Sardet para além de três temas inéditos. Um espectáculo para cantar ao longo de mais de uma hora e que certamente ficará gravado na memória do público.
Espectáculo obrigatório para quem gosta de Música.

publicado por Carlos Mota às 20:58

link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. SEM COMENTÁRIO

. ENCERRADO

. Jorge Palma Abre "Ciclo d...

. I Concurso Nacional de Mu...

. Teatro de Revista de volt...

. Teatro - "O CLUBE DAS DIV...

. ORQ. RUSSA "SILVER SPRING...

. AUTO DE NATAL - "DE CRIAN...

. NAYR PINHEIRO EXPÕE NO CI...

. CINE-TEATRO CARACAS - 39 ...

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

blogs SAPO

.subscrever feeds